ENVÍO GRATIS A ESPAÑA en pedidos superiores a 20 €

Reportagem ilustrada
Do desenho ao jornalismo: princípios básicos, técnicas e recursos

Disponible

24,90 €
Novedad

Eventos culturais, manifestações, protestos, conflitos armados, investigações jornalísticas… A narração dos acontecimentos relevantes por meio do desenho é uma prática com uma longa história e que está despertando interesse nos últimos anos. A reportagem ilustrada registra fatos valendo-se da linguagem visual, mas, de modo diverso de outros meios gráficos como a fotografia, suas histórias surgem diretamente do desenho à mão, incorporando o olhar, a experiência e a reflexão de seu autor. Essas são sua força e singularidade.

Reportagem ilustrada é uma introdução magnífica e completa a esse gênero do jornalismo visual. Dirigido a estudantes e profissionais do desenho e da comunicação visual, o livro apresenta os materiais, as técnicas e os métodos de trabalho dessa especialidade, bem como as chaves práticas e teóricas para narrar histórias com imagens desenhadas de modo instantâneo. Com mais de duzentas ilustrações originais a cores, a obra inclui mais de 25 tópicos práticos – exercícios, estudos de caso e entrevistas com ilustradores de renome internacional – que oferecem um panorama prático e atualizado da reportagem ilustrada.

Descripción técnica del libro:

21 x 27cm
166 páginas
Portugués
ISBN/EAN: 9788584521388
Rústica
2018
Descripción
Descripción

Detalles

Eventos culturais, manifestações, protestos, conflitos armados, investigações jornalísticas… A narração dos acontecimentos relevantes por meio do desenho é uma prática com uma longa história e que está despertando interesse nos últimos anos. A reportagem ilustrada registra fatos valendo-se da linguagem visual, mas, de modo diverso de outros meios gráficos como a fotografia, suas histórias surgem diretamente do desenho à mão, incorporando o olhar, a experiência e a reflexão de seu autor. Essas são sua força e singularidade.

Reportagem ilustrada é uma introdução magnífica e completa a esse gênero do jornalismo visual. Dirigido a estudantes e profissionais do desenho e da comunicação visual, o livro apresenta os materiais, as técnicas e os métodos de trabalho dessa especialidade, bem como as chaves práticas e teóricas para narrar histórias com imagens desenhadas de modo instantâneo. Com mais de duzentas ilustrações originais a cores, a obra inclui mais de 25 tópicos práticos – exercícios, estudos de caso e entrevistas com ilustradores de renome internacional – que oferecem um panorama prático e atualizado da reportagem ilustrada.

Gary Embury es profesor titular en la University of the West of England, en Bristol, e ilustrador con más de 20 años de trayectoria profesional. Ha colaborado para The Guardian, The Economist  y Penguin Books, entre muchos otros clientes. Es editor de Reportager, una publicación dedicada a promover el reportaje ilustrado.

Mario Minichiello es profesor de la Escuela de Comunicación de Diseño e Informática de la University of Newcastle, Australia, donde dirige el Hunter Creative Industries and Technology Centre. En paralelo a su trayectoria académica, ha trabajado como ilustrador.

Índice de contenidos
Índice de contenidos

SUMÁRIO

Capítulo 1
O que é o desenho de reportagem?
Os antecedentes históricos
O surgimento da reportagem e a influência do repórter-artista de guerra
A câmera e o olho
Estudo de caso: George Butler: Síria
Entrevista com Jill Gibbon

Capítulo 2
Materiais, técnicas e métodos
Escolhendo os materiais certos
A tecnologia e as mídias digitais
Estudo de caso: Jenny Soep: Registrando um evento ao vivo – festival de música
Exercício: Desenhando um evento ao vivo
Entrevista com Julia Midgley
Entrevista com Tim Vyner

Capítulo 3
Desenvolvendo uma linguagem visual
As abordagens individuais
Estudo de caso: Jedidiah Dore: Documentando a cidade de Nova York
Estudo de caso: Sue Coe: O Parque Natural dos Elefantes, Tailândia
Exercício: Desenvolvendo sua linguagem visual própria
Entrevista com o grupo de artistas-repórteres First Hand
Entrevista com Olivier Kugler

Capítulo 4
Como começar
Resolvendo a logística
Orçamentos
Calculando prazo de entrega e despesas
O primeiro dia
Trabalhando com as pessoas
Incluindo o contexto
Conselhos de campo
Estudo de caso: Gary Embury: O projeto das bicicletas de Bristol
Entrevista com Lucinda Rogers
Entrevista com Jenny Soep

Capítulo 5
Criando um senso de lugar
Estudo de caso: Veronica Lawlor: Restauro do Charles W. Morgan
Diretrizes para desenhar in loco
Estudo de caso: Luisa Crosbie: Camarim do Her Majesty’s Theatre, Londres
Estudo de caso: Anne Howeson: O desenho e a memória
Entrevista com Bo Soremsky

Capítulo 6
Criando uma narrativa
Usando o ambiente para contar uma história
Desenvolvendo a história
Esboçando sua história
Entrevista com Louis Netter
Entrevista com Chloé Regan
Exercício: criando uma história de um ponto de vista fixo

Capítulo 7
Tornando-se um jornalista visual
Criando um portfólio convencional (impresso)
Criando um portfólio digital
Editando seu portfólio
O mundo profissional
O trabalho como freela
Os impostos
Os prós e os contras
O pagamento
Conseguindo trabalho
Desenhando eventos
Trabalho comercial
Trabalhando com uma galeria
Desenvolvendo uma reputação e um histórico positivos
Telefonema direto para agendar entrevistas
Compartilhando seu trabalho
Recursos para o design de websites e as plataformas de hospedagem online
Estratégias para estar online
A estratégia
A propriedade intelectual
Entendendo seu papel e negociando um briefing
Trabalhando de modo efetivo com um briefing
Seleção da história e desenvolvimento do conteúdo do briefing
Estudo de caso: Mario Minichiello: Trabalhando para o Weekend Financial Times
Exercício: Desenvolvendo um briefing de ilustrações de reportagem

Conclusão
O jornalismo cidadão
Estudo de caso: O legado de Feliks Topolski
Entrevista com Martin Harrison, ex-diretor de arte sênior do jornal The Times

Apêndice
A ética
Contatos de organizações de apoio do mundo inteiro
Créditos das ilustrações
Índice

Lee un fragmento
Lee un fragmento

O que é o desenho de reportagem?

Este capítulo explora o panorama histórico da arte da reportagem e o modo como ela se desenvolveu até chegar à forma moderna de jornalismo visual. Contudo, primeiro precisamos definir o que seria o desenho de reportagem.

O manifesto da revista Life, publicado pela primeira vez em 1936, capta de várias maneiras o espírito da ilustração de reportagem.

Uma reportagem baseia-se em eventos, ou seja, ela é uma arte aplicada a questões significativas que estejam acontecendo no mundo. O ilustrador age como um característico jornalista visual que registra, por meio da arte, a dinâmica dos eventos que transcorrem. O desenho de reportagem combina esboçar a aparência de uma cena com o esforço de entender e comunicar uma história por meio da linguagem visual. Os locais em que ele é mais utilizado são: (1) salas de audiência (de um foro); (2) eventos públicos, como concertos e passeatas; (3) reportagens e investigações jornalísticas; e (4) documentários, inclusive em zonas de guerra e áreas conflagradas.

O desenho de reportagem tem muito em comum com o trabalho dos fotógrafos e cineastas. A diferença é que nele o artista ou ilustrador conta a história por meio de um imaginário registrado à mão livre. Esse processo é distinto do processo digital, químico ou mecânico de uma câmera, uma vez que o pensamento do artista é imediatamente registrado por sua mão na superfície pictórica. Esse meio extremamente tátil ajuda a formar a compreensão cinestésica do artista e seu conhecimento tático, conferindo ao profissional uma percepção e uma linguagem visual únicas. A obra de arte resultante contém idiossincrasias visuais caracterizadas por uma proximidade não encontrada no uso exclusivo das palavras. Consequentemente, o desenho de reportagem muitas vezes é utilizado para criar essa conexão e esclarecer questões difíceis e complexas.

Copyright dos textos: os autores
Copyright da presente ediçao: Editorial Gustavo Gili SL

Opiniones

DANOS TU OPINIÓN

Escribir Tu Propia Revisión

Estás revisando: Reportagem ilustrada

¿Cómo valoras este producto? *