ENVÍO GRATIS A ESPAÑA en pedidos superiores a 20 €

Do diagrama às experiências, rumo a uma arquitetura de ação

Disponible

17,00 €

Atualmente nos encontramos em um período de profunda transformação produtiva, social e de valores. Na arquitetura, além do avanço dos sistemas de representação arquitetônica e da evolução dos tipos construtivos, manifesta-se cada vez mais a necessidade de uma renovação profunda da teoria e da crítica.

Este livro apresenta uma refundamentação teórico-prática da arquitetura a partir da vinculação explícita de três eixos instrumentais ligados a ela: os diagramas, as experiências e as ações. Por meio da exploração de conceitos, ferramentas e casos práticos emblemáticos, Josep Maria Montaner disseca, de um lado, o caráter abstrato das criações arquitetônicas que vêm sendo projetadas por meio dos diagramas, e de outro, a complexidade das experiências vivenciais e a intencionalidade das ações coletivas e criativas que buscam uma intervenção mais ativa e ética sobre a realidade. Um estudo que aproxima a arquitetura e o urbanismo da filosofia, da sociologia, da antropologia e da geografia, obrigando-os a sair dos limites de sua própria abstração e, finalmente, abrindo espaço para a experiência como contraponto ao despotismo da razão e do olhar único.

Descripción técnica del libro:

15 x 21cm
192 páginas
Portugués
ISBN/EAN: 9788584520862
Rústica
2017
Descripción
Descripción

Detalles

Atualmente nos encontramos em um período de profunda transformação produtiva, social e de valores. Na arquitetura, além do avanço dos sistemas de representação arquitetônica e da evolução dos tipos construtivos, manifesta-se cada vez mais a necessidade de uma renovação profunda da teoria e da crítica.

Este livro apresenta uma refundamentação teórico-prática da arquitetura a partir da vinculação explícita de três eixos instrumentais ligados a ela: os diagramas, as experiências e as ações. Por meio da exploração de conceitos, ferramentas e casos práticos emblemáticos, Josep Maria Montaner disseca, de um lado, o caráter abstrato das criações arquitetônicas que vêm sendo projetadas por meio dos diagramas, e de outro, a complexidade das experiências vivenciais e a intencionalidade das ações coletivas e criativas que buscam uma intervenção mais ativa e ética sobre a realidade. Um estudo que aproxima a arquitetura e o urbanismo da filosofia, da sociologia, da antropologia e da geografia, obrigando-os a sair dos limites de sua própria abstração e, finalmente, abrindo espaço para a experiência como contraponto ao despotismo da razão e do olhar único.

Josep Maria Montaner (Barcelona, 1954) es doctor arquitecto y catedrático de Composición en la Escola Tècnica Superior d’Arquitectura de Barcelona (ETSAB-UPC), donde ha codirigido el máster Laboratorio de la vivienda del siglo XXI. Ha sido profesor invitado en diversas universidades de Europa, América y Asia, y es autor de numerosos artículos y publicaciones, entre los que destacan Sistemas arquitectónicos contemporáneos (2008), La modernidad superada (2011, 2ª ed.), Arquitectura y política (2011, con Zaida Muxí), Arquitectura y crítica (2013, 3ª ed.), Del diagrama a las experiencias, hacia una arquitectura de la acción (2014) y La condición contemporánea de la arquitectura (2015) todos ellos publicados por la Editorial Gustavo Gili. Colaborador habitual en revistas de arquitectura y en los diarios españoles El País y La Vanguardia, desde junio de 2015 es concejal de Vivienda y concejal del distrito de Sant Martí en el Ayuntamiento de Barcelona.

Índice de contenidos
Índice de contenidos

Índice

INTRODUÇÃO

DIAGRAMAS   
Conceitos
Ferramentas
Estudos de caso

EXPERIÊNCIAS    
Conceitos
Ferramentas
Estudos de caso

AÇÕES    
Conceitos
Ferramentas
Estudos de caso

CONCLUSÕES

Agradecimentos e notas
Bibliografia complementar
Créditos das ilustrações
Índice onomástico

Lee un fragmento
Lee un fragmento

Opiniones

DANOS TU OPINIÓN

Escribir Tu Propia Revisión

Estás revisando: Do diagrama às experiências, rumo a uma arquitetura de ação

¿Cómo valoras este producto? *