ENVÍO GRATIS A ESPAÑA en pedidos superiores a 20 €

Cradle to cradle
Criar e reciclar ilimitadamente

Agotado

Avísame cuando este producto tenga stock:
Correo electrónico:
18,00 €

Atualmente, muita gente já começou a reciclar o próprio lixo. Mas e a indústria, onde é feito o dano real? Ainda que bem intencionada, sua abordagem limitada mantém o modelo de fabricação “cradle to grave” (do berço à cova) da Revolução Industrial, isto é, uma via de mão única. É o modelo que cria as maiores quantidades de lixo e de poluentes. O que o planeta precisa é de um grande repensar, de uma nova abordagem que combata diretamente o problema, em vez de perpetuá-lo sem pressa. E o planeta precisa disso imediatamente.

Cradle to Cradle. Criar e reciclar ilimitadamente oferece essa abordagem com uma nova e empolgante visão, tão simples quanto inovadora. Com argumentos claros, acessíveis e até mesmo bem-humorados, o célebre químico Michael Braungart e o inspirador arquiteto William McDonough desafiam a noção de que a indústria humana deve prejudicar o mundo. Ao contrário, eles olham para a natureza e encontram um sistema de produção do qual poderíamos tirar vantagens comerciais e ambientais. Imitando o modelo natural, podemos criar um sistema em que lixo significa nutriente. As teorias deste livro modelarão nosso futuro, e esta edição atualizada é de leitura fundamental: um manifesto corajoso, prático e extremamente positivo para o próspero futuro de nosso planeta. Este livro teve um grande impacto internacional e foi traduzido para diversos idiomas. E agora, pela primeira vez, temos a edição em português aqui no Brasil. Muitos criadores envolvidos em processos de produção encontraram, nas teses desta obra, soluções inovadoras que lhes possibilitam obter maiores níveis de eficiência e de sustentabilidade em suas realidades práticas.

Descripción técnica del libro:

13.5 x 20cm
192 páginas
Portugués
ISBN/EAN: 9788565985192
Rústica
2014
Descripción
Descripción

Detalles

Atualmente, muita gente já começou a reciclar o próprio lixo. Mas e a indústria, onde é feito o dano real? Ainda que bem intencionada, sua abordagem limitada mantém o modelo de fabricação “cradle to grave” (do berço à cova) da Revolução Industrial, isto é, uma via de mão única. É o modelo que cria as maiores quantidades de lixo e de poluentes. O que o planeta precisa é de um grande repensar, de uma nova abordagem que combata diretamente o problema, em vez de perpetuá-lo sem pressa. E o planeta precisa disso imediatamente.

Cradle to Cradle. Criar e reciclar ilimitadamente oferece essa abordagem com uma nova e empolgante visão, tão simples quanto inovadora. Com argumentos claros, acessíveis e até mesmo bem-humorados, o célebre químico Michael Braungart e o inspirador arquiteto William McDonough desafiam a noção de que a indústria humana deve prejudicar o mundo. Ao contrário, eles olham para a natureza e encontram um sistema de produção do qual poderíamos tirar vantagens comerciais e ambientais. Imitando o modelo natural, podemos criar um sistema em que lixo significa nutriente. As teorias deste livro modelarão nosso futuro, e esta edição atualizada é de leitura fundamental: um manifesto corajoso, prático e extremamente positivo para o próspero futuro de nosso planeta. Este livro teve um grande impacto internacional e foi traduzido para diversos idiomas. E agora, pela primeira vez, temos a edição em português aqui no Brasil. Muitos criadores envolvidos em processos de produção encontraram, nas teses desta obra, soluções inovadoras que lhes possibilitam obter maiores níveis de eficiência e de sustentabilidade em suas realidades práticas.

Prof. Dr. Michael Braungart é fundador e CEO científico da EPEA Internationale Umweltforschung GmbH, em Hamburgo, Alemanha. Também é cofundador e chefe científico da McDonough Braungart Design Chemistry (MBDC), em Charlottesville (Virgínia), EUA, além de fundador e chefe científico da Hamburger Umweltinstitut (HUI).
William McDonough, arquiteto por formação e consultor, é uma autoridade reconhecida internacionalmente em matéria de desenvolvimento sustentável. A revista Time distinguiu-o como “Herói do Planeta”, declarando que a sua “filosofia unificada […] está mudando o projeto do mundo”. Além de trabalhar na William McDonough + Partners e na McDonough Braungart Design Chemistry, McDonough assessora empresas e governos em todo o mundo através da McDonough Innovation.
Índice de contenidos
Índice de contenidos
Índice de conteúdos
 
Prefácio por Alexandre Gobbo Fernandes
 
Introdução à edição de 2008
 
Capítulo 1: Uma questão de design
 
Capítulo 2: Por que ser “menos mau” não é bom
 
Capítulo 3: Ecoefetividade
 
Capítulo 4: Resíduos são nutrientes
 
Capítulo 5: Respeitemos a diversidade
 
Capítulo 6: A ecoefetividade na prática
 
Notas
 
Biografias dos autores
La prensa ha dicho
La prensa ha dicho

Cradle to cradle

(Redação. Revista Brasileira de design, 06 2014)

Acceder

Cradle to cradle

(Ronaldo de Carvalho , Augusto,ambientalistasemrede.org, 05 2014)

Acceder

«Os autores Michael Braungart e William McDonoughé conduzem o leitor a construção de um conceito produtivo semelhante ao modelo natural, onde lixo significa nutriente. As teorias deste livro modelarão nosso futuro, e esta edição atualizada é de leitura fundamental: um manifesto corajoso, prático e extremamente positivo para o próspero futuro de nosso planeta» (Ronaldo de Carvalho , Augusto,ambientalistasemrede.org, 05 2014)

Cradle to cradle

(José Eduardo Mendonça, Planeta sustentavel, 2012)

Acceder

«Clássico propõe alternativas inteligentes para a humanidade lidar com a produção e o consumo, acreditando em um redesign inteligente de tudo como meio de salvar o planeta» (José Eduardo Mendonça, Planeta sustentavel, 2012)

Cradle to cradle. Criar e reciclar ilimitadamente

(Karine tavares, O Globo, 13/11/2014)

Acceder

« Um prédio que funcione como uma árvore. Parece uma ideia maluca? Pois essa é apenas uma das ideias defendidas pelo químico alemão Michael Braungart. Criador do conceito cradle-to-cradle — em tradução literal, do berço ao berço —, ele acredita que tudo, absolutamente tudo o que é produzido pelo homem, deve ser feito com materiais que possam ser usados e reusados em ciclos infinitos ou que se decomponham naturalmente se transformando em fertilizantes para assim não causar qualquer impacto negativo na natureza.» (Karine tavares, O Globo, 13/11/2014)

Cradle to cradle

(Redação, Agitprop, 06/2014)

Acceder

«Com argumentos claros, acessíveis e bem-humorados, os autores discorrem como é possível desenvolver um sistema de produção que articule vantagens comerciais e ambientais.»(Redação, Agitprop, 06/2014)

Cradle to cradle

(Redação, Vitruvius, 08/2014)

Acceder

«Num manifesto contra o sistema insustentável de produção industrial do mundo contemporâneo – baseado no ciclo “extrair, fabricar, utilizar e descartar” –, o químico Michael Braungart e o arquiteto William McDonough revelam no livro “Cradle to Cradle – Criar e Reciclar Ilimitadamente” um modelo de produção capaz de trazer vantagens comerciais e ambientais.» (Redação, Vitruvius, 08/2014)

Cradle to cradle

(Redação, Arq!Bacana, 04/14)

Acceder

«Dentre as ideias do livro, destaca-se a proposta de repensar toda a fabricação de um produto supostamente nocivo ao meio ambiente, como o carro. Deste modo, os materiais envolvidos na produção seriam analisados em todas as fases, como extração, processamento, reutilização e reciclagem.» (Redação, Arq!Bacana, 04/14)

Cradle to cradle

(Luciana Duarte, Moda ética, 10/14)

Acceder

«Cradle to cradle” significa “do berço ao berço” – que é um jargão da área de logística reversa para dizer que os produtos/materiais devem voltar ao ciclo produtivo, como insumos de novos produtos/materiais.» (Luciana Duarte, Moda ética, 10/14)

Cradle to cradle

(Emanuel Souto, Papo de Arquiteto, 05/14)

Acceder

«É o modelo que cria as maiores quantidades de lixo e de poluentes. O que o planeta precisa é de um grande repensar, de uma nova abordagem que combata diretamente o problema, em vez de perpetuá-lo sem pressa. E o planeta precisa disso imediatamente.» (Emanuel Souto, Papo de Arquiteto, 05/14)

Opiniones

DANOS TU OPINIÓN

Escribir Tu Propia Revisión

Estás revisando: Cradle to cradle

¿Cómo valoras este producto? *