ENVÍO GRATIS A ESPAÑA en pedidos superiores a 20 €

Arte de projetar em arquitetura

Un libro de Ernst Neufert

Disponible

62,00 €

A 18ª edição deste manual mundialmente reconhecido pode ser considerada uma nova edição. Por um lado, conservou-se a magnífica proposta do original e, por outro, atualizou-se o seu conteúdo, a fim de responder às novas expectativas que surgiram no mundo da construção, especialmente em relação às exigências ambientais.

Arte de projetar em arquitetura é um manual de construção que reúne, de forma sistemática, os fundamentos, normas e prescrições sobre recintos, edifícios, exigências de programa e relações espaciais, dimensões de edifícios, locais, estâncias, instalações e utensílios, tomando o ser humano como medida e objetivo. Nesta edição, muitos dos capítulos foram revisados e atualizados, nos quais os seguintes temas são abordados: instalações esportivas aquáticas, varandas cobertas, hotéis, evacuação de incêndios, móveis e utensílios de cozinha, restaurantes fast-food, fachadas de madeira, normativas de economia energética, elevadores, arquitetura solar, reabilitação e reutilização de edifícios etc.

Além de completar o conteúdo relativo às edições anteriores, esta nova versão é fiel à obra de Ernst Neufert e continua sendo uma referência bibliográfica de reconhecido valor universal, um manual indispensável para arquitetos, técnicos em arquitetura, engenheiros, construtores, professores e estudantes. Desde a sua primeira edição alemã de 1936, realizaram-se 39 edições em alemão e 17 em português, além de ter sido publicado em 18 idiomas diferentes e vendido mais de um milhão de exemplares, no total.

Descripción técnica del libro:

21 x 30cm
568 páginas
Portugués
ISBN/EAN: 9788565985086
Cartoné
2013 (18ª edición, 16ª tirada)
18ª edição renovada e atualizada
Descripción
Descripción

Detalles

A 18ª edição deste manual mundialmente reconhecido pode ser considerada uma nova edição. Por um lado, conservou-se a magnífica proposta do original e, por outro, atualizou-se o seu conteúdo, a fim de responder às novas expectativas que surgiram no mundo da construção, especialmente em relação às exigências ambientais.

Arte de projetar em arquitetura é um manual de construção que reúne, de forma sistemática, os fundamentos, normas e prescrições sobre recintos, edifícios, exigências de programa e relações espaciais, dimensões de edifícios, locais, estâncias, instalações e utensílios, tomando o ser humano como medida e objetivo. Nesta edição, muitos dos capítulos foram revisados e atualizados, nos quais os seguintes temas são abordados: instalações esportivas aquáticas, varandas cobertas, hotéis, evacuação de incêndios, móveis e utensílios de cozinha, restaurantes fast-food, fachadas de madeira, normativas de economia energética, elevadores, arquitetura solar, reabilitação e reutilização de edifícios etc.

Além de completar o conteúdo relativo às edições anteriores, esta nova versão é fiel à obra de Ernst Neufert e continua sendo uma referência bibliográfica de reconhecido valor universal, um manual indispensável para arquitetos, técnicos em arquitetura, engenheiros, construtores, professores e estudantes. Desde a sua primeira edição alemã de 1936, realizaram-se 39 edições em alemão e 17 em português, além de ter sido publicado em 18 idiomas diferentes e vendido mais de um milhão de exemplares, no total.

Ernst Neufert (1900-1986) nació en Freyburg an der Unstrut, Alemania. Trabajó cinco años colaborando en proyectos de planeamiento y como director de obra en Weimar y en 1919 ingresó en el departamento de arquitectura de la Bauhaus. A finales de 1920 abandona dicha escuela y realiza unos viajes de estudio por el sur de Europa, experiencia que publicaría en Das Jahr in Spanien (El año en España). Posteriormente trabajó en varios proyectos junto a Walter Gropius, y en 1924 fue nombrado director técnico del despacho, sucediendo en el cargo a Adolf Meyer. A sus 26 años fue nombrado profesor y director del departamento de construcción de la Bauhaus de Weimar, y poco después director suplente y responsable del taller de arquitectura de la Universität Jena. En 1936 se publicó la primera edición alemana de Arte de proyectar en arquitectura.

Índice de contenidos
Índice de contenidos
Sumário
 
FUNDAMENTOS
Significado de símbolos e abreviaturas
Normas
Desenhos
Pesos e medidas
Acessibilidade
Fundamentos e relações de escala
Biologia da construção
Percepção visual
 
O PROCESSO DE PROJETAR
O projeto
Construções sustentáveis
Facility Management
Recuperação de edifícios históricos
Projeto e gerenciamento da obra
 
PARTES DA CONSTRUÇÃO
Fundações
Paredes
Pavimentos
Coberturas
Janelas
Vidro
Portas
Escadas
Escadas rolantes
Esteiras rolantes
Elevadores
 
HABITAÇÃO
Fundamentos
Densidade habitacional
Orientação
Acessos
Plantas
Áreas básicas
 
HOSPEDAGEM
Conjunto residencial para estudantes
Residências para idosos
Hotéis
Gastronomia
Albergues da juventude
Casas para férias/casas de fim de semana
Motéis
Campismo
 
EDUCAÇÃO ▪ PESQUISA
Creches e jardins de infância
Playgrounds
Escolas
 
CULTURA ▪ LAZER
Museus
Teatros
Salas de concerto
Cinemas
Circo
Jardim zoológico
 
ADMINISTRAÇÃO ▪ ESCRITÓRIOS
Edifícios de escritórios
Arranha-céus
Bibliotecas
Bancos
 
COMÉRCIO
Lojas
 
INDÚSTRIA
Indústria
Oficinas
 
EDIFÍCIOS RELIGIOSOS
Igrejas
Sinagogas
Mesquitas
 
SAÚDE
Consultórios médicos
Hospitais
 
ESPORTE ▪ LAZER
Estádios
Áreas esportivas
Ginásios esportivos
Piscinas recreativas
SPA
Salão de jogos eletrônicos
 
TRANSPORTE
Malha viária
Estacionamentos
Transporte coletivo
Ferrovias
Aviação
 
PAISAGISMO
Cemitérios
Espaços livres
Movimento de terra
Cercamentos
Pérgolas e trepadeiras
Caminhos, espaços livres e escadas
Captação de água da chuva
Vegetação
Medidas de engenharia biológica
Estufas
Tanques e lagos artificiais
Parques – exemplo
 
AGRICULTURA
Estabelecimentos rurais
Criação de animais
 
ABASTECIMENTO ▪ COLETA DE LIXO
Pátios de carregamento
Plataformas de carga
Lixo
Energia elétrica de emergência
 
TECNOLOGIA DO EDIFÍCIO
Energia renovável
Física da construção
Iluminação natural
Iluminação artificial
Proteção contra incêndios
Instalações prediais 
Chaminés e poços de ventilação
 
Bibliografia
Índice alfabético de termos
Lee un fragmento
Lee un fragmento

Texto da introdução

Prefácio

A 39a edição do “Neufert” complementa partes que foram atualizadas apenas parcialmente nas últimas edições, uma vez que o “Neufert” continua sendo a mais compacta e abrangente fonte de primeiras informações para todas as perguntas que se referem ao projeto da construção.

Assim como o dia a dia no escritório de arquitetura é marcado pela junção de muitos pequenos e grandes passos, o permanente desenvolvimento do “Neufert” se caracteriza, por um lado, por detalhes, como questões da Norma DIN ou legislativas, e, por outro, pela abordagem de grandes temas do nosso tempo, que também influenciam os projetos arquitetônicos. Sem dúvida, pertencem a esses temas importantes a consciência e a preocupação com o meio ambiente e o desafio incondicional da sustentabilidade no planejamento: a sustentabilidade possui diversos aspectos, com diferentes pesos para cada diferente tipo de projeto.

A equipe coordenada pelo prof. Johannes Kister procurou colocar em todos os capítulos os novos padrões e perspectivas visando sua objetividade, buscando uma “informação prática” e conforme com a “atualidade”, da mesma forma como, certamente, teria feito Ernst Neufert.

Esperamos que esta nova edição, a primeira depois do jubileu de “70 anos do Arte de projetar em arquitetura” celebrado em 2006, seja o fundamento para a continuidade da consolidação desta base segura e completa de informações em torno do projetar.

Fundação Neufert, março de 2009

A 39a edição foi elaborada mais uma vez no lugar que muito influenciou Neufert, que trabalhou como chefe do escritório de Walter Gropius – a Bauhaus em Dessau.

A decisão de voltar a esse lugar, um retorno às raízes, parece ter sido correta, tendo reunido com sucesso, em continuidade ao processo de desenvolvimento iniciado na 38a edição, arquitetos, estudantes, professores e interessados.

Assim, juntamente com Nicole Delmes, nascida Neufert, e Ingo Neufert, pôde-se desenvolver o caminho conceptivo da 39a edição ampliada. Meus agradecimentos aos dois pela confiança e compreensão, que tornaram muito agradável o trabalho conjunto. Meus agradecimentos especiais a Mathias Brockhaus, Matthias Lohmann, Patricia Merkel – um time excepcionalmente profissional – e aos estudantes da Escola Superior de Dessau Fanjuan Kong, Tobias Schwarzwald e Mandy Wagenknecht e aos consultores externos que, por meio do seu conselho competente e do trabalho conjunto, contribuíram significativamente para o sucesso deste trabalho.

Dessau, em março de 2009
Johannes Kister

Copyright dos textos: os autores
Copyright da presente ediçao: Editorial Gustavo Gili SL

La prensa ha dicho
La prensa ha dicho

Arte de projetar em arquitetura

( Fernanda Knopik, Arqdicas, 11/2014)

Acceder

«Selecionei 10 livros incríveis sobre arquitetura, desenho, design e paisagismo que são essenciais para quem pretende cursar arquitetura, já esta cursando ou já é formado e pretende ampliar seu acervo»(Fernanda Knopik,Arqdicas, 11/2014)

Arte de projetar em arquitetura

(Fernanda Knopik, Arquidicas, 02/15)

Acceder

«A Arte de Projetar Arquitetura já é um livro muito antigo, esta na sua 18º Edição, mas foi originalmente publicado por Ernst Neufert em 1936 na Alemanha. De lá para cá o livro já foi traduzido em 18 línguas, foi atualizado diversas vezes, mas sempre conservando a sua essência, ser um manual para arquitetos.» (Fernanda Knopik, Arquidicas, 02/15)

Arte de projetar em arquitetura

(Redação, Vitruvius, 07/2013)

Acceder

«A 18ª edição deste manual mundialmente reconhecido pode ser considerada uma nova edição. Por um lado, conservou-se a magnífica proposta do original e, por outro, atualizou-se o seu conteúdo, a fim de responder às novas expectativas que surgiram no mundo da construção, especialmente em relação às exigências ambientais.» (Redação, Vitruvius, 07/2013)

Arte de projetar em arquitetura

(Emanuel Souto, Papo de Arquiteto, 08/2013)

Acceder

«O Neufert possui, em um único volume, toda a informação básica para criar um marco no processo projetual, sendo organizado tipologicamente e com a ajuda de mais de 6 mil desenhos e ilustrações que facilitam a compreensão rápida de toda a informação publicada. Conservando os questionamentos do livro original, esta última edição recebeu importantes atualizações de conteúdo para responder às novas exigências construtivas.» (Emanuel Souto, Papo de Arquiteto, 08/2013)

Arte de projetar em arquitetura

(Victor Delaqua, Arch Daily, 11/15)

Acceder

»A 18a edição de Arte de projetar em arquitetura, um manual mundialmente reconhecido, pode ser considerada uma nova edição. Se, por um lado, conservou-se a magnífica proposta da original, por outro, seu conteúdo foi atualizado para dar respostas às novas expectativas que surgiram no mundo da construção, principalmente as exigências ambientais.« (Victor Delaqua, Arch Daily, 11/15)

Opiniones

DANOS TU OPINIÓN

Escribir Tu Propia Revisión

Estás revisando: Arte de projetar em arquitetura

¿Cómo valoras este producto? *